Sexta-feira, 15 de Junho de 2012

E que tal... governar?

Agora que terminou o estarrabaço em torno do caso Relvas/Público, felizmente sem consequências de maior (‘tá bem, demitiram-se o adjunto do primeiro e a jornalista do segundo, mas trata-se de arraia miúda… e qualquer deles há-de ser compensado, mais dia, menos dia), podemos finalmente perguntar/afirmar:

Pressionar a comunicação social, para quê?

Por um lado, ela não só não incomoda ninguém, como é absolutamente bajuladora de todos os governos.

Porquê?

Porque isso é vital para a sua sobrevivência.

A comunicação social vive da publicidade, certo?

Ora, esta é essencialmente paga por meia dúzia de grandes empresas: bancos, grande distribuição, telecomunicações e energia. Para além do próprio Estado, claro.

E estas grandes empresas beneficiam (e querem continuar a beneficiar) de relações privilegiadas com o poder político.

Além disso, são elas próprias proprietárias ou accionistas da maioria desses órgãos de comunicação social…

Por outro lado, o povo é sereno.

Há mesmo quem lhe chame manso.

Na verdade, as pessoas não se indignam com nada, suportam tudo e mais alguma coisa, como se está a ver com esta coisa da troika, do «além» da dita, do «o povo não aguenta mais sacrifícios», do «é um total disparate que queiramos cortar os subsídios de férias e de Natal», do «vou criar 150 mil postos de trabalho», etc., etc.

Se o ditador-com-nome-de-zurrapa-que-ganhou-um-concurso-de-popularidade-na-tv viesse de novo ao mundo (vade retro Satanás!) diria com certeza:

– Porque é que me dei ao trabalho de criar a pide e a censura, se «o povo suporta todos os sacrifícios por amor à pátria»?

Por isso, volto à questão inicial: para quê pressionar a comunicação social?

Para quê, senhor ministro Relvas?

Para quê (ainda que fora de tempo), senhor ex-primeiro ministro Sócrates?

E se vocês não vissem tantos filmes e passassem simplesmente a ocupar o vosso tempo a… governar?

Dava jeito… e o povo ainda era capaz de agradecer.

publicado por Mário Pereira às 16:24
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Contador

.Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. A culpa é dos pilotos. E ...

. Há poucos médicos. Porque...

. Vão trabalhar, malandros!

. Apetecia-me atirar o Maga...

. Nasci refugiado

. A triste natureza humana

. Estamos entregues às mafi...

. Aprender ou não a lição, ...

. Cristiano, Bento e Jardim...

. (Des)humanidades...

.arquivos

. Maio 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds