Segunda-feira, 6 de Agosto de 2012

Isto assim não ata nem desata

“Os desempregados já podem acumular o subsídio com um salário”

http://expresso.sapo.pt/saiba-como-pode-acumular-subsidio-de-desemprego-com-um-salario=f745079

Esta medida tem o mérito de acabar com aquelas situações em que os desempregados recusavam um emprego porque ganhavam mais ficando com o subsídio. Digamos que é menos um argumento para os que acham que os desempregados são uma cambada de calaceiros que não trabalham porque não querem.

Junta-se à de fazer trabalhar os beneficiários do RSI 15 horas por semana. Também esta tem o mérito de forçar a “canalha” a inscrever-se nos Centros de Emprego. Além de obrigar estes também calaceiros a terem que fazer alguma coisa em troca do que recebem.

São medidas populares para a direita, que acha que todos os que não trabalham são preguiçosos e deveriam ser deixados a morrer de fome.

A grande vantagem destas duas medidas é que não têm desvantagens. E até tem algumas vantagens para os nossos empresários. Senão vejamos:

1. Os do RSI vão trabalhar 60 horas por mês. Como em média ganham 92 euros por mês, dá 1,5 por hora. Nada mau para quem beneficiar deste trabalho, por muito desqualificado que seja... Insere-se na lógica (cada vez mais) dominante neste País, que é a de pagar salários quanto mais baixos melhor.

2. Quanto aos desempregados, dois empresários amigos (ou um com mais que uma empresa) despedem os respectivos trabalhadores e contratam seguidamente cada um os do outro.

3. Relativamente à contratação de jovens desempregados, também aqui os patrões vão beneficiar, já que ficarão isentos da TSU. Antevê-se, portanto, despedimentos entre os trabalhadores mais velhos, a fim de darem lugar à rapaziada. Antevê-se igualmente alguma dificuldade em conciliar esta troca de empregos entre pais e filhos com o facto de os nossos jovens serem, no mundo, dos que mais tarde saem da casa materna.

Quanto à questão de fundo, o aumento astronómico do número de desempregados, estas medidas não atam nem desatam.

Pela simples razão de que as economias só criam empregos quando crescem.

Ora esse dia, em Portugal, ainda vem longe…

publicado por Mário Pereira às 18:29
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De jon a 4 de Setembro de 2012 às 17:35
Muito Bom post.

Realmente, este flagelo agrava em muito a situação do pessoal...

Na esperança de poder ajudar,

deixo alguma informação adicional sobre trabalho temporário... não é solução, mas pode contribuir para um começo diferente... As pessoas não podem é desanimar! Força aí!

Trabalho e Empregos Temporários para os Jovens Encontra tudo sobre o trabalho temporário para jovens. Descobre onde, como e em que contexto esta poderá ser uma solução!
http://www.trabalhoparajovens.blogspot.com/

Força!


Comentar post

.pesquisar

 

.Contador

.Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. A culpa é dos pilotos. E ...

. Há poucos médicos. Porque...

. Vão trabalhar, malandros!

. Apetecia-me atirar o Maga...

. Nasci refugiado

. A triste natureza humana

. Estamos entregues às mafi...

. Aprender ou não a lição, ...

. Cristiano, Bento e Jardim...

. (Des)humanidades...

.arquivos

. Maio 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds