Quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Miséria: o preço a pagar pela salvação do São Euro

Perante o empobrecimento da Europa, e enquanto os povos começam, a pouco e pouco, a dar sinais de revolta, o que fazem os seus principais responsáveis?
Os poderes económico-financeiros, que beneficiaram desta autêntica lei da selva para enriquecer o mais possível, nada farão enquanto a isso não forem obrigados. Solidariedade é uma palavra desconhecida no mundo dos negócios.
Os políticos, que por falta de regulação permitiram que se tivesse chegado a esta miséria, limitam-se agora a adoptar medidas que, apesar de empobrecerem cada vez mais as pessoas, asseguram aquele que é, para eles, o objectivo fundamental: a sobrevivência do euro.
Depois dos gregos e dos portugueses, chega agora a vez dos espanhóis serem punidos por terem andado a viver "acima das suas possibilidades". Se nada for feito entretanto, seguir-se-ão os italianos, os franceses e por aí fora...
«Llamamiento frente a la crisis

La distribución de alimentos es una de las acciones más importantes del Llamamiento de Ayuda lanzado por Cruz Roja Española (‘Ahora + que nunca’) con el fin de incrementar su apoyo a las personas afectadas por la crisis en nuestro país y atender a 300.000 personas más en situación de extrema vulnerabilidad.»

«Cruz Vermelha espanhola lança apelo histórico

A Cruz Vermelha espanhola lança um apelo histórico, de recolha de bens alimentares e donativos, para ajudar os próprios espanhóis. O apoio prestado tem cada vez mais dependentes, famílias inteiras afectadas pela crise e pelo desemprego. A instituição quer ajudar 300 mil espanhóis que vivem em situação de "extrema vulnerabilidade".»

«Cruz Vermelha de Espanha concentra-se pela primeira vez em ajudar espanhóis

A Cruz Vermelha espanhola ajudou 2 milhões de espanhóis em 2011, e agora quer ajudar outros 300 000 (DANI POZO/AFP)

É uma iniciativa histórica e fruto da actual crise económica e financeira em Espanha. A Cruz Vermelha espanhola, habituada a ajudar países sub-desenvolvidos, lançou a campanha "Agora + do que nunca". Os problemas dos outros já chegaram ao país vizinho.»

publicado por Mário Pereira às 12:08
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Contador

.Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. A culpa é dos pilotos. E ...

. Há poucos médicos. Porque...

. Vão trabalhar, malandros!

. Apetecia-me atirar o Maga...

. Nasci refugiado

. A triste natureza humana

. Estamos entregues às mafi...

. Aprender ou não a lição, ...

. Cristiano, Bento e Jardim...

. (Des)humanidades...

.arquivos

. Maio 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds